domingo, 19 de junho de 2011

O relatório buchenwald

O DIA A DIA EM UM CAMPO DE EXTERMINIO...
 David A. Hackett
Sinopse:
Durante seu avanço, nas últimas semanas da Segunda Guerra Mundial, os exércitos aliados expuseram o horror dos campos de concentração nazistas. O primeiro campo a ser libertado na Alemanha foi Buchenwald, em 11 de abril de 1945. Poucos dias depois, uma equipe especial, integrada por oficiais do setor de informações que falavam alemão, foi enviada para Buchenwald para entrevistar os prisioneiros que lá estavam. No curto período de que dispunham antes que os prisioneiros deixassem o campo, a equipe deveria preparar um relatório para ser usado contra nazistas em futuros processos por crimes de guerra. Em nenhum outro lugar foi realizado um esforço tão sistemático de registrar o cotidiano, a estrutura e funcionamento do campo. O resultado foi um documento importante e único: O RELATÓRIO BUCHENWALD.
Minha Opinião:
Um livro fundamental sobre a 2ª guerra mundial, os fatos contados neste livro são surpreendentes, fala sobre o cotidiano de um povo que foi julgado  pela sua crença pela sua etnia e pela sua visão política. Essas pessoas eram consideredas ameaças para o regime de Hitler, e portanto eram mantidadas reféns. Confesso que é um livro muito grande com 546 páginas, mas vale a pena ler, principalmente a parte em que fala sobre os modos como essas pessoas eram mantidas e tratadas!



2 comentários:

  1. Leitura instensa e tema tenso, rs

    ResponderExcluir
  2. Nossa, muito obrigada pela dica! Adorei! Fiquei morrendo de vontade de ler, parece ser muito interessante. Gosto mesmo de ler sobre a II Guerra Mundial e essa parece ser uma leitura obrigatória pra quem gosta desse tipo de leitura. Vou correr atrás desse livro.
    Muito obrigada pela dica novamente.

    Beijão ♥
    Priscilla Duhau
    Livrificando

    ResponderExcluir